O aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU)
em Sorocaba foi baseada no Índice de Preços ao
Consumidor Amplo Especial (IPCA-E), o mesmo que
calcula a inflação.
O reajuste foi aprovado em sessão extraordinária na
Câmara Municipal de Sorocaba e já está nos carnês que
estão sendo distribuídos pela prefeitura.
Atualmente, o índice da inflação acumulada em 12 meses
é de 2,56%; o cálculo para os carnês foi feito em
novembro. Portanto o reajuste do IPTU de Sorocaba em
2018 ficou em 2,56%.
O valor do IPTU de cada imóvel é calculado pelo valor
venal que refere-se a uma estimativa de preço por
compra e venda que o Poder Público estipula para
determinados bens — ou seja, o preço que o imóvel
alcançaria em uma transação à vista.
Alguns coeficientes são considerados para o cálculo do
valor venal do imóvel — que podem variar de cidade para
cidade.
Este valor pode ser contestado pelo proprietário do imóvel
se achar que esta sendo cobrado indevidamente. Para
tanto é preciso procurar a Secretaria da Fazenda da
Prefeitura pessoalmente ou acessar via endereço eletrônico –
sef@sorocaba.sp.gov.br.
O IPTU pode ser pago à vista ou em parcelas
Ao emitir/receber seu boleto referente ao IPTU Sorocaba
2018 você poderá pagá-lo à vista ou dividi-lo em até 10
vezes, sendo necessário pagar esse valor todos os meses

até ser finalizado. O parcelamento pode ser feito por
pessoa física ou jurídica.
Caso não receba em seu imóvel, você pode emitir o boleto
do IPTU Sorocaba 2018 através do site da Prefeitura
Municipal. É possível emitir os boletos acessando o Portal
de Finanças no site da Prefeitura de Sorocaba. Acesse:
www.iptu.sorocaba.sp.gov.br/dsf_iptu
*Este site não coleta dados, você será redirecionado ao
sistema oficial da Prefeitura de Sorocaba.